Mostrar todos os artigos
Todos sabemos que a mobilidade, o bem-estar e a autonomia de cada um são afetados pelas alterações que acontecem no processo de envelhecimento. É natural ter reflexos mais lentos, não ter a mesma noção de espaço e localização, ter maior dificuldade a ouvir sons mais baixos ou a ver em ambientes mais escuros.
Quando vemos os nossos familiares passar por estas mudanças a nossa maior preocupação é facilitar-lhes a realização das tarefas do dia-a-dia para que a sua qualidade de vida seja sempre a melhor possível.

Muitas vezes as condições de habitação não ajudam e tudo se torna um trabalho extra. Deslocar-se à casa de banho, caminhar, sentar-se e levantar-se de uma cama ou cadeira pode ser encarado como um pesadelo.
Para que isto deixe de acontecer pode adaptar a casa do seu Idoso às suas necessidades e torná-la mais funcional e acolhedora. Deixamos-lhe um guia completo para que possa fazer a sua Checklist e verificar se a casa do seu Idoso cumpre os requisitos.

De forma geral:

Pense em retirar todos os tapetes e ter especial atenção às zonas onde se utiliza água. Se o chão não for antiderrapante podem aplicar-se vernizes ou fitas. Todas as maçanetas devem ser do tipo alavanca para facilitar abrir e fechar a porta. Por sua vez as torneiras devem também ser únicas e tipo alavanca para ser mais simples ligar, desligar e regular a temperatura.
No dia-a-dia, devem ser sempre usadas pantufas e sapatos antiderrapantes.
 
Vamos agora separar as divisões para maior detalhe:


Corredores/Locais de Passagem

  • Devem estar desimpedidos, livres de obstáculos e bem iluminados. É aconselhável colocar interruptores no início e final de cada percurso (a luz deve ser uniforme e não ofuscar - sempre que possível opte por luzes de presença ou luzes com sensor).
  • O início de cada degrau deve estar sinalizado com fitas antiderrapantes, de cor diferente do piso, por exemplo.
  • O corrimão deve estar colocado dos dois lados da escada e de preferência começar antes do primeiro degrau e terminar um pouco depois do último. Se o seu Idoso sentir muita dificuldade em utilizar as escadas deve considerar a instalação de um elevador de escadas.
Sala

  • Os fios dos aparelhos elétricos devem estar junto à parede, de preferência fixos para evitar quedas e acidentes.
  • É importante ter em conta a altura do sofá e cadeirões para que seja possível levantar e sentar sem ajuda e sem dificuldade. Estes devem sempre ter apoios dos lados para ajudar nestes movimentos.
  • Mais uma vez os interruptores para acender a luz devem estar perto da entrada e saída para que não haja necessidade de se deslocar no escuro.
 
Cozinha

  • Evite a proximidade entre as tomadas e os pontos de água e coloque puxadores em todas as portas de móveis e eletrodomésticos.
  • Opte por um fogão elétrico. Se não for possível, use um fogão a gás com sistema de segurança (corte de gás quando a chama apaga).
  • Para evitar transportar loiça e comida nas mãos, sugerimos a utilização de um carrinho de despensa/carrinho de chá .
  • Evite que o seu Idoso tenha de se baixar ou subir a bancos com a colocação de todos os objetos de uso frequente nas gavetas intermédias. Coloque os objetos mais pesados nos armários inferiores.

  Quarto

  • Tenha, pelo menos, um interruptor de um ponto de luz na mesa de cabeceira.
  • A mesa de cabeceira deve ser estável e mais alta do que a cama, sem arestas. Fixe-a ao chão ou parede para a tornar mais segura.
  • O telefone ou o serviço de teleassistência deve estar ao alcance a partir da cama.
  • A altura da cama deve permitir que o Idoso se sente com os dois pés no chão. Em média, deve ser de 46cm.
Casa-de-Banho

  • A porta deve abrir para fora, mais uma vez, com maçaneta tipo alavanca. No caso de uma queda, se a porta abrir para dentro, pode ser difícil socorrer a vítima.
  • Opte por uma base de duche antiderrapante  ou coloque fitas antiderrapantes. É também essencial ter onde se agarrar e, por isso, aconselhamos a colocação de uma barra de apoio fixa à parede.
  • Caso não consiga trocar a banheira por uma base de duche, opte por cadeiras de banho que facilitam todo o processo. Geralmente têm altura regulável e são fixas à parede ou banheira.
  • Coloque os produtos de higiene, torneira e pega de chuveiro a uma altura média para que o seu Idoso possa alcançar tudo sem esforço se estiver de pé e não ter que se levantar se estiver sentado.
  • Em média, a sanita deve estar 10cm mais alta para permitir que se sente e levante com mais facilidade. As barras de apoio laterais auxiliam o movimento e os elevadores de sanita aumentam a sua altura.


Então lembre-se: O Idoso não tem, obrigatoriamente que se adaptar à casa. É possível adaptar a Casa ao Idoso!

A maior parte das alterações, se necessárias, são de baixo custo e se pensar em adquirir algum dos produtos de apoio que mencionamos como as barras, as cadeiras de banho ou o elevador de sanita, não hesite em contactar-nos!

(Inspirado no ""Manual para Adaptar a Casa ao Idoso"" de G.A.S.Porto)

Entre em contacto connosco

Os campos com * são de preenchimento obrigatório