Mostrar todos os artigos
 
  Os acontecimentos mais recentes relativos à Pandemia COVID-19 forçaram a alteração de muitas rotinas e estilos de vida. Os avisos para os mais velhos começaram a incentivar o distanciamento social. Assim são aconselhados a afastar-se das outras pessoas para a sua própria segurança.

  Como parte do principal grupo de risco, a população Idosa deve estar resguardada e protegida, idealmente em sua casa, para que exista uma redução da probabilidade de exposição ao vírus.

Este não costuma fazer parte dos nossos conselhos. Precisamente o oposto! Para uma boa qualidade de vida recomendamos geralmente que se liguem e mantenham um contacto frequente.  Assim, vimos hoje adaptar a nossa comunicação para proteção de todos.

  O Isolamento social não é o mesmo que a solidão mas pode desencadear um processo depressivo onde esta existe por consequência.

  O que podemos, então, fazer para manter uma boa saúde mental do Idoso em Isolamento?

  Existem formas de manter o Sénior conectado socialmente, mesmo à distância:

  1. Utilizar a videochamada sempre que possível para manter fortes os laços familiares, amizades ou outras relações importantes. Mesmo à distância, o mundo digital já permite que as pessoas continuem unidas. Se o Idoso não sabe ou não tem as ferramentas necessárias, ajude-o ou peça ao seu Cuidador para o fazer. Sugerimos ferramentas como o Facebook Messenger, WhatsApp, Skype ou Zoom, entre outras.

  2. Manter-se ativo na comunidade através das redes sociais (por exemplo o Facebook), partilhando ideias, participando em discussões em grupos com gostos ou interesses similares é positivo para que não perca a capacidade de se relacionar e para que continue a acreditar na força do seu pensamento.

  3. Realize chamadas de voz com maior frequência, não só para ter a certeza que o Idoso se encontra bem mas também para o lembrar de que está no seu pensamento e de que o pode ajudar sempre que necessite. Muitas vezes, não querendo incomodar, o Idoso realiza todas as tarefas que precisa e pode acabar por sair de casa quando, neste momento, não o deve fazer. Antecipe as suas necessidades e mesmo longe, esteja presente.

Outras ideias para uma mente ativa, ocupada e feliz:

  4. Fazer exercícios físicos simples é uma grande ajuda para manter o corpo e a mente ativa. Comece por incentivar o Idoso a realizar alguns exercícios de mobilidade dos membros, a caminhar pela casa, ou peça ao seu Cuidador que o ajude neste sentido.

  5. Caso o Idoso goste de ler, escrever ou reter conhecimento, pode consumir conteúdo físico como livros, revistas e jornais mas também artigos online, tutoriais em vídeo sobre os seus assuntos preferidos (através do Youtube) e até escrever, organizar fotografias ou fazer jogos de estimulação mental.

  6. A arte é também amiga do cérebro. Pintar, tocar ou ouvir música e tratar de plantas pode ter uma grande influência no nosso humor. Talvez seja a altura ideal para descobrir uma nova paixão ou cultivar uma que já tem desde há muito tempo.

  7. É ainda fundamental estar atualizado mas aconselhamos a que tente limitar a quantidade de notícias que consome ao essencial. Demasiado tempo a ver, ouvir ou ler sobre o mesmo assunto, ainda para mais quando é negativo ou alarmante, pode agravar um estado de preocupação já existente.

  O que pode fazer pelo seu Idoso?

  Ajude com compras e medicamentos.  Recomendamos que seja planeada com antecedência a encomenda de produtos essenciais para prevenir quebras de stock e atrasos na entrega. Pode optar por deixar os produtos à porta de casa para que o Idoso ou o seu Cuidador os recebam com alguma segurança.

  Deixamos apenas mais um conselho relativamente a Idosos com Demência: é importante lembrá-los de lavar as mãos com frequência e demais métodos de proteção, caso ainda o façam sozinhos. 



  A Culsen® continua a prestar os melhores cuidados com o profissionalismo e flexibilidade que nos caracteriza. Cuidamos dos mais frágeis e levamos-lhes todos os dias alegria e bem-estar para que não se sintam abandonados neste momento em que mais precisam de apoio. 

  Fazemo-lo com seriedade mas serenamente, adotando as medidas de segurança indicadas pelas autoridades de saúde. Estamos disponíveis  permanentemente, adaptando de dia para dia o nosso método de trabalho de acordo com as recomendações.

  Os nossos Cuidadores esforçam-se diariamente em deslocações para prestar o melhor apoio apesar das circunstâncias, sabendo que mesmo em momentos mais desafiadores, o seu trabalho não pode parar. Por este motivo, deixamos a todos uma nota de agradecimento profundo!


Entre em contacto connosco

Os campos com * são de preenchimento obrigatório